Conheça cinco tipos de chefe e saiba lidar com cada um deles

Existem vários tipos de chefe e, nem sempre, é fácil saber como deve ser o comportamento com cada um deles. Em muitos casos, os problemas com os superiores hierárquicos deixam a rotina mais estressante, além de atrapalharem a carreira profissional de muitos funcionários.

A diretora de recursos humanos e coach corporativa da empresa Mira, Fátima Mangueira, lembra que, independentemente do comportamento e estilo de gestão do chefe, o funcionário deve seguir algumas regras básicas de conduta:

— Não fale mal dele para ninguém e evite que ele saiba das críticas por outras pessoas.

Fátima acrescenta que é importante manter uma convivência saudável com o líder da equipe e saber escolher o melhor momento para cada diálogo, principalmente se for se defender de críticas:

— Não desautorize o seu chefe perante outros colegas, superiores ou subordinados. Se algo tem que ser dito ou ajustado, faça isso em particular.

De acordo com o gestor de carreiras e projetos da empresa Top Quality, Giovani Falcão, os estudos e a observação na área de recursos humanos mostram a existência de cinco perfis muito comuns de chefes: exigente, permissivo, paternalista, autocrático e democrático. De acordo com ele, esse último estilo é o mais adequado para líderes de equipes:

— Ele conquista o respeito por seus exemplos e é dono de virtudes distintas que o ajudam a encarar os desafios de forma otimista e criativa. É aquele que motiva o grupo na construção dos objetivos finais. Esse chefe é capaz de ensinar e inspirar, sem perder o foco e o controle.

Confira as características e dicas dos especialistas sobre como lidar com cada um deles:

CHEFE EXIGENTE OU INCOERENTE

Características:

  • Não conhece a equipe
  • Não tem noções de gestão
  • Estabelece prazos pequenos para as tarefas

Como lidar:

  • Procure conversar sobre as questões dos prazos estabelecidos
  • Tente informá-lo das tarefas que concluiu. Muitas vezes, ele pode não perceber que está sobrecarregando o funcionário, já que não sabe exatamente quais as obrigações de cada um.

CHEFE PERMISSIVO

Características:

  • Em um primeiro momento, parece simpático e dinâmico, ao deixar que as coisas aconteçam “naturalmente”
  • No entanto, a falta de gestão pode atrapalhar os planos da empresa e impede que a organização alcance seus objetivos.
  • Ao não conseguir atingir os resultados esperados, costuma culpar os funcionários e até demiti-los

Como lidar:

  • Independente das cobranças, seja exigente com o seu próprio trabalho
  • Cumpra os prazos e horários combinados

CHEFE PATERNALISTA

Características:

  • Assume todas as funções, ou seja, não sabe delegar tarefas
  • Apesar do jeito amigável e de ser querido pelos funcionários, esse tipo de chefe possui uma maior necessidade de estar com tudo sob seu próprio controle
  • Sendo assim, não sabe reconhecer o talento em funcionários e dificilmente permite a promoção dos empregados

Como lidar:

  • Procure assumir novas tarefas e obrigações no dia a dia
  • Novamente, independente das cobranças, seja exigente com o seu próprio trabalho

CHEFE AUTOCRÁTICO

Características:

  • Toma sozinho todas as decisões e não sabe trabalhar em grupo
  • Costuma oprimir os subordinados e criar um ambiente de trabalho desconfortável
  • Os funcionários têm medo dele e não conseguem manter diálogos

Como lidar:

  • Mostre seus pontos positivos
  • Procure soluções inovadoras, pois ele costuma reconhecer os funcionários que se destacam em um determinado grupo

CHEFE DEMOCRÁTICO OU LIBERAL

Características:

  • As decisões são discutidas em grupo, sempre obedecendo os princípios e prazos da organização
  • Consegue motivar o grupo e inspirar os funcionários
  • Sabe delegar as funções corretamente

Como lidar:

  • É o melhor tipo de chefe para lidar, pois costuma reconhecer os talentos e aceitar as fraquezas dos subordinados
  • Aproveite a possibilidade de diálogo para saber o que o chefe e a organização esperam de você e podem apoiar seu desenvolvimento profissional

AUTOR: Marcela Sorosini

PUBLICADO POR: Extraglogo

Nas férias, vale a pena conciliar estudo e diversão?

Quando chega a tão esperada temporada de férias escolares, muita gente aproveita o espaço de tempo para viajar, rever a família, sair com os amigos ou até estudar. Estudar? Será que alguém vai abrir mão de tudo que pode fazer com esse tempo livre para estudar? A resposta é mais fácil do que você pode imaginar: Sim. Isso porque, a prática pode fazer muito bem para quando as atividades escolares forem retomadas, além de ser uma boa oportunidade para adquirir mais conhecimento.

Mesmo sabendo a importância que o estudo representa para o futuro de uma pessoa, não implica em dizer que você vai abrir mão de todas as férias para se dedicar a livros, textos e aquisição de conhecimento. Montar um planejamento para aproveitar todo o tempo é uma boa pedida. Isso vai ajudar a manter uma programação de lazer, sem esquecer-se de obrigações que também servirão para incrementar esse período tão esperado por todas as classes de estudantes.

Administre seu tempo


Os especialistas defendem que a divisão do tempo livre das férias deve ficar a critério da rotina dos estudantes. Para tanto, é necessário que cada pessoa faça uma autoavaliação e monte, com ajuda de um papel, uma espécie de roteiro. Isso vai ajudar a que você administre melhor o seu tempo e encontre espaço para encaixar tudo o que quer fazer, sem esquecer do estudo. Quando você voltar as aulas, vai ver o quanto foi proveitoso dedicar esse tempo aos livros.

Para aqueles alunos que se dedicaram no primeiro semestre e conquistaram boas notas, pode abrir uma exceção e destinar mais tempo para o lazer. Já para quem ficou “pendurado” em alguma disciplina, essa é a hora de correr atrás do prejuízo. Não deixe para estudar muito próximo das provas. Geralmente, muita gente deixar para tentar superar as notas baixas no segundo semestre. Isso não é proveitoso para o aluno, pois a preocupação passa a ser maior, assim como a pressão.

Dicas para aproveitar as férias sem deixar o estudo de lado


Para aproveitar as férias da melhor forma possível, preste atenção em algumas dessas dicas. Seguindo-as você vai conseguir unir o aprendizado ao descanso.

– Aproveite o tempo livre para colocar a leitura em dia. Procure bons livros e até revistas, elas vão ajudar a que você se mantenha informado sobre assuntos da atualidade;

– Procurar por exposições, filmes e peças de teatro que remetam a momentos históricos ajudam a assimilar o conteúdo de forma descontraída e eficaz. Por isso vale a pena buscar na internet ou procurar saber na sua cidade;

– Para conciliar um bom ritmo de estudos, não fique longos períodos longe do seu material. Isso vai dificultar a concentração;

– Quando for dedicar-se ao estudo, procure se concentrar naquilo que está fazendo, tendo esquecer o mundo lá fora. Essa experiência pode se tornar bem mais prazerosa do que você pode imaginar;

– Na hora de fazer um lanche, opte por comidas saudáveis e leves, assim como frutas, iogurte, sucos naturais, cereais, entre outros. Eles vão ajudar no bom funcionamento do seu corpo, evitando a contração de alguma doença que pode causar desconforto;

– Não acorde muito cedo. Aproveite o tempo que tem para dormir um pouco mais e descansar a mente. Vale a pena, inclusive, desligar o despertador.

Porquê apostar numa formação em software PRIMAVERA?

Se é utilizador do ERP PRIMAVERA e pretende atualizar e aprofundar as suas competências, então a formação em software PRIMAVERA é a oportunidade ideal para si!

Certamente já se apercebeu que a qualificação profissional é cada vez mais importante para ganhar vantagem competitiva face a outros candidatos, independentemente da área de trabalho.

Assim, a formação profissional deixa de ser vista como uma perda de tempo, para se tornar num fator diferencial de valor.

Uma coisa é certa: o mercado de trabalho é cada vez mais exigente. A par disso, as empresas procuram profissionais que sejam capazes de responder às suas necessidades de forma rápida e eficaz.

Todos os dias as empresas adotam novas metodologias de trabalho na tentativa de melhorarem os seus níveis de produtividade. E é daqui que advém a importância da qualificação profissional.

A qualificação profissional permite a aquisição e exploração de novos conhecimentos, tornando assim os profissionais mais produtivos e eficientes.

Como tal, e tendo em conta a importância da produtividade para o sucesso individual nas atividades empresariais, surge a Certificação de Utilizadores em PRIMAVERA. Um programa de formações que o ajuda a adquirir e consolidar competências e conhecimento em ERP PRIMAVERA.

Os benefícios da Certificação de Utilizadores em PRIMAVERA


Para o utilizador


Validação de conhecimentos técnicos sobre as funcionalidades do ERP PRIMAVERA;
Acesso ao diploma e logótipos que o distinguem como utilizador certificado em software PRIMAVERA;
Valorização do currículo e aumento da vantagem competitiva sobre outros candidatos do mercado de trabalho, visto que as competências e especialização na área são asseguradas;
Entrada direta na Bolsa de Utilizadores Certificados acessível às mais de 40 mil empresas que trabalham com o software PRIMAVERA e procuram profissionais qualificados;
Maior adaptabilidade às operações das empresas que utilizam o ERP PRIMAVERA;
Aumento da produtividade, isto porque ao ter conhecimento consegue realizar as tarefas de forma mais rápida e eficiente;
Maiores probabilidades de evolução profissional;
Aquisição de contactos através da socialização com outros formandos, formadores e até clientes da PRIMAVERA que, eventualmente, podem até resultar em possíveis oportunidades de emprego.